Em um forte impulso aos carros autodirigíveis do Google, a National Highway Traffic Safety Administration, autoridade americana responsável por regulamentar veículos automotores, reconheceu robôs como motoristas.