Agora que o Brasil ingressou, formalmente, na pior recessão desde a invenção do guaraná engarrafado, bancos celebram e impulsionam as ações da Petrobrás para novas altas na Bovespa. A celebração no mercado financeiro é generalizada, com a bolsa atingindo lucros astronômicos o que mostra o enorme vigor do poder da mídia do país.

No momento, as ações da PETR4 operam com alta de mais de 1%, refletindo o excelente noticiário político e econômico do país.

“Cara nada segura a Bovespa! É foguete mermão!”, afirma Nelson Scazzobene da Scazzabene & Associados de São Paulo que gerencia fundos com mais de R$ 1789,00.

Mostrando o vigor do sistema financeiro nacional, bancos internacionais de renome seguem comprando ações da Petrobrás e de grandes blue chips, sustentando o Índice Bovespa acima do patamar abaixo do qual grupos poderiam ir às ruas pedir o impeachment do presidente.

No presente momento, as ações da OIBR4 sobem mais de 8%, impulsionadas por boatos de que vazamentos oriundos de informações não confirmadas repassadas por assessores de fontes ligadas a setores com acesso à informação dariam conta de que algo muito relevante vai acontecer muito em breve.

MBL prepara o primeiro protesto contra a favor do contra a favor Michel Temer. Fonte: Blog Limpinho Cheiroso

Segundo Radasdolfo Skrauzen, da Skrauzen Spitz Investimentos, até 2018 a Bovespa está de boas:

“Cara tá tudo de boas até 2018, daí pra frente ninguém sabe. COMPRA OIBR4. Se vier Lula nóis vai ter que derrubar a cotação entende? COMPRA OIBR4. Mas se der um outro candidato pode saber que o IBOV vai a 200 mil pontos, os cara imprime dinheiro entendeu não tem problema aqui”, concluiu.

Movimentos de Rua Preparam Manifestações A Favor Contra A Favor o Governo Temer

Enquanto isso movimentos de rua preparam manifestações contra a favor contra a favor o governo Temer.

Segundo um recorte de jornal, as próximas manifestações podem ser inéditas na história do país por um fator inusitado: serão as primeiras manifestações a favor contra a favor do governo do presidente Michel Temer.

De acordo com informações obtidas pela reportagem as críticas ao presidente serão não serão serão não serão permitidas durante os protestos organizados pelo MBL.

Da mesma forma, outros movimentos contra a corrupção irão focar em Dilma Rousseff, Lula e outros petistas, assim buscando derrubar mais ainda o governo que já foi derrubado, fortalecendo assim o grande acordo nacional para estancar a sangria da Lava Jato e delimitar onde está supostamente “com o STF e tudo” de acordo com certos políticos interceptados com autorização da “Justiça” ou não como diria Caetano.

 

Imagem em Destaque