Segundo fontes ligadas a um assessor do PROCON que preferiu não se identificar, consumidores tem devolvido panelas em grandes números após a suruba generalizada ter continuado mesmo após o impeachment de Dilma Rousseff.

Segundo Adalberto Klutz, do rádio pirata Jovem Paneleira da região de Aracaju, as panelas utilizadas no impeachment eram chinesas e não foram eficazes na erradicação da suruba :

“As panelas de 2016 eram xingling. Agora vamos trocá-las por panelas BRASILEIRAS e aí sim a cobra vai fumar”, afirma.

Segundo os líderes do grupo Peter Panela, de Natal/RN, os brasileiros já se organizam para retornar às ruas, porém desta vez só serão utilizadas panelas nacionais. A presidente do grupo, Sininho Paneleira explica:

“Já devolvemos todas as panelas da marca Law Kong, agora adquirimos um verdadeiro arsenal de panelas 100% nacionais, muito mais afinadas e que não cozinham apenas mortadelas e cozinhas”, concluiu.

Grupos de polipanelistas táticos também tem se formado em várias regiões do Brasil com o intuito de ingressar em ação rapidamente em caso de acirramento da suruba. Segundo um subcomandante da força tática SWAP – Special Weapons and Panelas, o grupo também livrou-se das panelas falsificadas e já adquirem novos equipamentos panelásticos de ponta, fabricados no Brasil. A expectativa do grupo é que sejam necessárias intervenções já a partir de março de 2017.

Bancos Já Começam a Aderir

Especialistas recomendam manter a serenidade enquanto o país se organiza para espanelar os surubistas. Foto de Andréa Farias

Segundo analistas do mercado financeiro, alguns dos principais bancos investidores já começaram a “dar uma derrubada” no mercado para “assustar um pouco” o governo Temer.

“Os bancos parceiros conseguem derrubar a bolsa entre 20 a 25% se quiserem. Estão segurando os valores inflados só pro Temer não cair. Nós não vamos fazer panelaços porque isso é coisa de pobre, porém vamos dar uma derrubada na bolsa só pro Temer não se esquecer que fomos nós que comandamos o outro impeachment”, explicou Alexandre Porks, da Porks & Baconfree Associados.

Depetran Fiscalizará Bebidas Durantes os Protestos

O chefe da equipe de bafometristas profisionais do Depetran afirma que serão feitas rigorosas blitz durante todo e qualquer protesto.

“Estamos atentos ao consumo de monoxido de di-hidrogenio, bem como de produtos perecíveis, em especial as bebidas alcoólicas. Recomendamos a todos usarem o Waze ou grupos do WhatsApp porque senão nós vamos pegar mesmo”, advertiu.

 

Enquanto isso as maiores redes de supermercados já colocam, em destaque e logo na entrada das lojas, as panelas nacionais de valor mais elevado. O representante de uma rede que preferiu não se identificar afirmou à reportagem de TICS.TAXI que as vendas de panelas tem se acelerando nas últimas semanas. Segundo ele, o principal motivo é a suruba em Brasília

— —

Foto; tpsdave via Pixabay

Imagem em Destaque