Rede Record apagou notícia falsa que afirma que filme da Lava Jato teria sido patrocinado por Eike Batista

Circula nas redes sociais uma notícia falsa de que a filmagem do filme sobre a Lava Jato teria sido interrompida após a prisão do Eike Batista. A notícia foi difundida pela Rede Record, por meio de um link no domínio entretenimento.r7.com.

A Record removeu o link, e ainda não se sabe se alguém foi responsabilizado, porém o sistema de buscas da emissora é baseado no Google e mantém cópia de artigos removidos por algum tempo.

Na captura de tela à direita é possível ver que o link estava realmente publicado no site da emissora.

O produtor do filme, Tomislav Blazic, desmentiu os boatos e disse que as filmagens prosseguem normalmente.

 

Foto: José Cruz / Agência Brasil

Imagem em Destaque