Com a modernidade, as novas gerações vem perdendo contato com a tradicional sabedoria popular. Entre as pérolas do senso comúm que vem se perdendo é o conjunto de técnicas envolvidas na arte de comer goiaba.

Neste artigo apresentamos 10 dicas para você que caça pokemons e assiste Netflix mas hoje decidiu comer uma goiaba e não sabe por onde começar.

  1. Obtenha uma goiaba. O método tradicional é subir no pé de goiaba e pegar a fruta na mão. Se sacudir o pé e cairem frutos provavelmente estão brocados. Não tem problema, pode pegar mesmo assim.
  2. Com as duas mãos aperte a goiaba como se fosse rachar uma broa de pão. Se sair qualquer coisa dela, está brocada. Também não tem problema.
  3. Observe o fruto aberto. Há algo se mexendo? Sim? Insira o dedo indicador e retire aquilo que se move dando um peteleco.
  4. Continue observando. Há algo mais se mexendo? Não? Então morda a polpa com sementes e tudo, mastige, engole e não pense em mais nada. Pense nos impostos e dívida do cartão de crédito.
  5. Observe novamente. Há algo se mexendo em agonia porque você mordeu metade dele? Sim? Puxe o resto do que se move e joge para fora do fruto e pise nele extinguindo assim a sua dor.
  6. Aproxime a goiaba dos olhos e averigue se há algo mais se mexendo. Não? Então morda. A casca da goiaba é um ótimo constipador. Antigos sábios nativos passavam até 30 dias sem defecar após ingerir casca de goiaba verde. Se você anda abusando do Imozec, pois acaba de encontrar a versão Jedi dessa poderosa rolha de intestino.
  7. Siga roendo a casca constipadora e observe o surgimento da polpa que aparenta ser um cérebro animal só que vermelho. Verifique se há algo se mexendo na polpa. Siga as dicas anteriores.
  8. Morda a polpa e não mastigue. Aguarde para ver se sente algo se movendo no interior de sua boca. Caso positivo, não faça nada, apenas curta as cosquinhas. É inofensivo. Antigos estudos revelam que monges eram capazes de manter os goiabitos na boca enquanto meditavam por 10 a 12 horas seguidas. Agora pare. Sinta empatia pelos bichinhos. Você gostaria de descer por um tracto digestivo ainda vivo, sendo digerido lentamente por sucos gástricos enquanto pede por sua vida? Não, né? Ninguém merece. Então cuspa a polpa em cima de outra goiaba que já se encontre no chão. Assim seus amiguinhos terão o que comer.
  9. Observe bem a goiaba que resta em sua mão. As sementes parecem se mover? Você está com fome ou não? Claro que está. A goiaba traz 11 benefícios para sua saúde, mas você ainda não proveitou quaisquer desses benefícios pois apenas ficou jogando polpa portoda parte e cuspindo o resto. Agora coma a goiaba sem pensar mantendo a fé de que não está tirando a vida de qualquer criatura divina. (OBS: Se você for vegano, é bom retornar à dica número 3 e observar novamente.)
  10. Você tem plano de saúde ou leva a vida na base do SUSto? Se tiver plano de saúde, aproveite outras goiabas porque passarinhos adoram avacalhar e com seus bicos injetam bactérias nas frutas. Quem madruga Deus ajuda, então vá cedo pegar suas goiabas antes que os passarinhos façam a mais impregnação dos frutos, transferindo de seus bicos os ovos de pequenos seres que se movem.

Agora você já sabe tudo sobre como comer goiabas. Caso visite o cerrado, especialmente em Brasília, encontrará várias goiabeiras onde poderá praticar esse saudável hábito!

Foto em destaque: Victoria Rachitzky Hoch

Imagem em Destaque