O conselho editorial do TICS.TAXI tomou a decisão de mudar a linha editorial para adotarmos o mesmo padrão “global” já empregado pela imprensa nacional. Serão apresentadas grandes meias verdades em meio a parciais verdades de modo a promover o estilo fake-news, ou fatos alternativos, como é denominado atualmente.

A modalidade faking news adota o sorriso de Tony Ramos. Foto: 25/06/2004 – Tony Ramos – Autora: Andréa Farias / CC

A modalidade fake news, com plantões de notícias faking news, surge a partir do surrealismo dadaísta da política nacional onde o próprio judiciário, e demais Poderes da República, produzem factóides inacreditáveis. Por exemplo, o ministro Celso de Mello afasta Eduardo Cunha do Congresso pelo mesmo motivo que manteve Renan Calheiros no Congresso. Isso não é incrível? Jornais que noticiam o afastamento de Eduardo Cunha, porém trocam seu nome por Renan Calheiros estão produzindo fake news. Porque deveras é fake news, o fato foi invertido, é news, mas não é news de verdade.

No caso da posse do cantor Moraes Moreira, o mesmo ministro Celso de Mello disse que estava tudo OK, porém se trocar Moraes Moreira pelo Squid, então não está OK. Foi uma decisão teleológica no estilo faking justice, que gerou comentários estilo faking news no país da faking justiça mas onde os impostos são reais.  Trilhões de reais.

Style Tony Ramos

Para manter a calma durante tempos de crise, analistas recomendam o style Tony Ramos, mantendo-se sempre feliz.

Recomenda-se ao cidadão sorrir diante do fiscal da água, agradecer ao cobrador, apoiar o governo Temer porque senão os comunistas voltam, e por aí vai.

Neste sentido, o governo Temer busca reverter o quadro de 90% de não-aprovação, ou 10% de aprovação, liberando doses psicosomáticas de impostos e agrados, como a paniscircense liberação do FGTS, fato que manterá os brasileiros das classes H, G, F, E, D, C e B entretidos durante 6 meses de 2017. A partir daí o governo terá os meses de setembro de 2017 a dezembro de 2018 para encontrar outras divagações que permitam ao Caju e 99% do Congresso inventarem uma forma de parar a Lava Jato e estancar a sangria em um grande acordo nacional com STF e tudo.

A Editoria Agradece

A editoria TICs.TaXi agradece a todos pela faking aprovação, sempre com a ressalva de que podem, ou não, vir a ter novos artigos factuais, ou faketuais, mas sempre sensatos neste espaço. Não seja um fake amigo então volte sempre!

Imagem em Destaque