Vocês sabem, lá no fim, o que se faz para emitir um certificado digital? É um simples comando tipo este:

openssl req -new -key ~/domain.com.ssl/domain.com.key -out ~/domain.com.ssl/domain.com.csr

Foto: VIA Gallery @ Flickr

Leitor de cartões SIM, como os pequenos chips encontrados em eCPF’s ou eCNPJ’s. Foto: VIA Gallery @ Flickr

Quando vamos emitir um “eCPF” e um “eCNPJ”, tem um funcionário que digita isso aí. No lugar de domain.com costuma ser usado algum identificador único, como o seu CPF ou CNPJ da empresa.

O resultado desse processo que leva 50 milisegundos é um arquivo minúsculo. Uma cópia eles gravam naquele cartãozinho com chip e a outra fica no cérebro estatal. Isso tudo leva 15 segundos pra fazer, quando muito. E por esse procedimento o governo te obriga a pagar $300 para uma empresa “certificadora”.

No dia a dia do brasileiro a grande pergunta é: quem está tirando vantagem encima de nós hoje? Pelo menos hoje eu sei, pois vou lá ter que pagar $300 pra renovar eALGUMACOISA jajá….mas antes vou contar pra vocês como funciona o sistema do certificado digital.

O governo está caminhando na direção de obrigar todo cidadão a ter um certificado digital…já notaram? Pra verificar a malha fina precisa ter eCPF, pra emitir a nota fiscal eletronica precisa de eCNPJ, e assim por diante.

E o pior está por vir. Jajá os automóveis terão “licenciamento digital”, e você terá que comprar um certificado digital pra emitir o novo chip do carro…. O leitor já deve ter enxergado o que vai acontecer: você vai pagar para poder pagar impostos! Fato que é ilegal nos países civilizados, não sei aqui, visto que para entender a lei do Brasil tem que saber falar russo.

Vai um outro exemplo.

wtf-mem-jackie-chan

Se emitir nota fiscal eletrônica é obrigatório, como é que o governo pode te obrigar a comprar um certificado digital de uma empresa privada? Esses documentos digitais deveriam ser emitidos gratuitamente, como são todas as primeiras vias de documentos de papel.

Hoje você é obrigado a ir lá e pagar $300 pra uma empresa privada, da qual você recebe o privilégio de acessar um sítio governamental para obter serviços básicos. Tem algo errado no reino da Dinamarca! Você já pagou pelos computadores do Estado, você já pagou pelos servidores públicos que lá trabalham, você ja pagou por tudo que o Estado faz, mas você ainda vai pagar mais para estar em dia com as novas regras!

E tudo que essa empresa que emite o certificado vai fazer é designar um funcionário pra ficar te olhando com cara de sério e fingindo que está entendendo alguma coisa, pra depois te dispensar. Quando você sair da sala e não estiver mais olhando, um funcionário vai digitar aquele comando que citamos no início desse post, para depois gravar os dados gerados num cartão de plástico que até o fliperama do Park Shopping gravava 15 anos atrás….

É só isso que acontece pra emitir um certificado digital, um par de arquivos é gerado, e gravado num cartão de fliperama do shopping e um outro é enviado pra Receita. E por isso você paga $100 a $300 – ou mais…

Já pensou se a moda pega…todo órgão vai exigir eCPF ou eCNPJ pra tudo, e esses documentos custam $300. Pode existir uma idéia mais genial que essa nesse mundo? Você vai pagar por algo virtual para ter o direito a cumprir suas obrigações. É mole?

Imagem em Destaque