Após concluir todas as votações necessárias ao Brasil, a Câmara dos Deputados decidiu seguir trabalhando no lugar de tirar férias em definitivo. Nos próximos dias será aberta uma CPI para investigar exclusivamente os rabos de animais.

“Vamos votar matérias de sumo interesse da Nação”, afirmou um assessor de um outro assessor parlamentar.

Sem rabo preso

O especialista em veterinária canina da Universidade , Axel Foster da Silva afirma que a grande novidade é uma CPI onde não há ocorrência do chamado “rabo preso”.

“É a primeira vez que fazemos uma CPI cujo objeto de investigação não tem o rabo preso.”, explicou.

Congresso promete pauta bem animal

Para iniciar os trabalhos, os deputados irão abrir uma CPI para investigar os rabos de cachorros encontrados em São Lourenço, MG.

“Os cães ladram mas parece que a caravana passou por cima deles”, afirmou um deputado membro da bancada dos animais de 4 patas. O deputado preferiu não se identificar.

Congresso fará CPI para investigar rabos. Foto: Laurens @ Flickr

Sobrevivente dos ataques conta como foi.  Foto: Laurens @ Flickr

Comentários do G1 elucidam a questão

Os comentaristas do G1 mantém o altíssimo nível de debate pelo qual aquele setor tem se tornado um dos mais frequentados do Brasil. Entre os comentários mais populares encontramos pérolas de sabedoria como:

“kkk” e “Os veterinários podem não ter razão. Por isso é importante a investigação através de CPI, pois o caso é muito sério.”

Realmente. O Brasil é um caso muito sério.

Imagem em Destaque