O grupo #Anonymous e vários de seus membros tomaram as redes sociais para advertir o governo brasileiro contra sua ingerência na Internet livre e ilimitada.

A advertência acontece menos de 24 horas após o ministro Gilberto Kassab falar em limitar a internet no Brasil ainda durante o ano de 2017.

Com a limitação da Internet, coloca-se em cheque a própria democracia brasileira, uma vez que o principal meio de mobilização social contra a corrupção tem sido blogs independentes e as redes sociais.

Há pouco mais de um ano, o Exército Brasileiro foi invadido e milhares de senhas foram vazadas, mostrando que os grupos de hackers encontram-se afiados no conhecimento de vulnerabilidades na segurança digital do Estado. E esse tipo de vulnerabilidade não é exclusiva ao Brasil, nos Estados Unidos hackers tomaram controle de um drone militar da NASA. Aparentemente o drone não estava armado, porém o fato demonstra a capacidade de especialistas em segurança quando estão totalmente determinados.

A reação contra a limitação da Internet fixa era totalmente previsível. Vindo de um governo que não possui grande respaldo popular, trata-se de uma atitude por demais estranha e absolutamente imprevista. Aparenta, até, ser uma forma de desviar a atenção popular de algum outro assunto ainda mais grave que possa estar por ocorrer. É impensável imaginar que o governo teria força política para, diante de incontáveis escândalos e problemas maiores a resolver, tentar limitar a Internet dos brasileiros.

Olho aberto, Brasil. Há algo mais por trás desse comunicado estatal neste momento. A intenção certamente foi gerar comoção. No entanto, o povo agora conta com mais o respaldo do Anonymous contra mais essa insensata ameaça às liberdades online.

Imagem em Destaque